26 de nov de 2012

Parque Lage - Rio de Janeiro

ESCOLA DE ARTES VISUAIS DO PARQUE LAGE





Um pouco da história

Antigo engenho de açúcar na época do Brasil Colonial, suas terras se estendiam até as margens da lagoa, (atual Rodrigo de Freitas), conhecida na época pelos índios como de Sacopenapã - lagoa de raízes chatas, em Tupi-Guarani. O Engenho Del Rey pertencia a Antonio Salema, governador do Rio de Janeiro no século XVI. Após 1660, passou a pertencer à família Rodrigo de Freitas Mello. Em meados do século XIX, um nobre inglês compra parte das terras, e contrata em 1840 o paisagista inglês John Tyndale para projetar um jardim de estilo romântico, nos moldes das quintas européias.
Em 1859, parte da fazenda passa a ser propriedade de Antonio Martins Lage.
Os anos se passam, a chácara vai parar em outras mãos, mas, em 1920, um neto de Antonio Martins Lage, o empresário Henrique Lage, a compra.
Amante das artes, Henrique Lage apaixona-se e casa-se com a cantora lírica italiana, Gabriela Besanzoni. Para agradar a artista, manda construir uma réplica perfeita de um “palazzo romano”, e reformula parte do projeto paisagístico.



Um passeio que vale a pena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

deixe seu comentário

Novos Horários de Aulas de Cerâmica

Ainda restam alguns lugares de aula nos seguintes dias